Pesquisas em andamento


O desenvolvimento de atividades de pesquisas no Departamento de Letras Estrangeiras (DLE) do CAMEAM está condicionado à vinculação às seguintes linhas de pesquisas: 1) Literatura, cultura e ensino; 2) Gêneros textuais, discurso e ensino; 3) Texto, ensino e construção de sentidos; 4) Estudos literários e ensino da literatura; e 5) Descrição, ensino e aprendizagem de línguas. Atualmente, no âmbito do DLE, encontram-se ativos os seguintes projetos de pesquisa institucionalizados:

 


PROJETO 1: Práticas letradas de professores de Espanhol como Língua Estrangeira (ELE) em formação: uma investigação discursiva situada no Curso de Letras do CAMEAM/UERN.

 

Resumo: esta pesquisa se apresenta como uma investigação de práticas letradas de dado grupo social, com base teórica centrada nos Novos Estudos do Letramento e na Análise de Discurso Crítica, frente ao trabalho com os mais diversos eventos de linguagem que protagonizam os sujeitos de uma maneira ampla. Tal investigação estabelece relação com as Ciências Sociais, na medida em que compreende os estudos da linguagem e do discurso como uma das dimensões da prática social. Deste modo, objetiva-se analisar, no discurso dos membros da comunidade acadêmica discente do Curso de Letras (habilitação em Língua Espanhola) do CAMEAM/UERN, a expressão de suas práticas letradas, vernaculares e dominantes, a fim de compreender como tais práticas repercutem, em termos de implicações teórico-metodológicas, na formação docente de tais sujeitos enquanto futuros professores de ELE. Para tal, em nossa análise buscaremos compreender as mais diversas atividades de leitura e de escrita nas quais empreende o grupo de sujeitos analisados, com fins à compreensao da relação de tais práticas com a formação docente dos sujeitos analisados, enquanto grupo de futuros professores de ELE. Para fundamentar esta pesquisa, recorremos aos trabalhos de Kleiman (1995), Magalhães (1996), Rojo (2009) e Soares (2000), sobre os Novos Estudos do Letramento, bem como aos trabalhos de van Dijk (1980) e Fairclogh (2003) sobre a metodologia de investigação de práticas de linguagem a partir da Análise do Discurso Crítica, que toma o discurso enquanto objeto de análise entendido como uma das dimensões da pratica social. Acreditamos que os resultados obtidos a partir desta pesquisa nos serão caros para que seja possível problematizar as práticas de ensino de escrita e leitura em língua estrangeira no curso de Letras (habilitação em Língua Espanhola) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

 

Equipe:

 

Lucineudo Machado Irineu - Coordenador

Marta Jussara Frutuoso da Silva - Pesquisadora institucional

Cintia Emanuella da Silva Medeiros - Aluna de Iniciação Científica

Thais de Holanda Rosendo - Aluna de Iniciação Científica

Ana Michele de Melo Lima - Aluna de Iniciação Científica

 Helton de Oliveira - Aluno de Iniciação Científica

 

Início: março de 2013

Término: março de 2014

 


PROJETO 2: Ensino de inglês na escola pública: experiências, crenças e expectativas de alunos.

 

Resumo: a presente pesquisa tem como foco o ensino-aprendizagem de língua inglesa na escola pública, através da investigação das experiências, crenças e expectativas de alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. As experiências estão atreladas às nossas atividades diárias, que por sua vez influenciam as nossas crenças e as expectativas que temos sobre essas mesmas atividades. Em sentido amplo, podemos afirmar que as experiências são a fonte de todo conhecimento humano, e, por esse motivo, são importantes para a investigação científica. As crenças são um conceito bastante antigo explorado por várias ciências, tais como: antropologia, sociologia, psicologia, filosofia etc. O estudo das crenças dos alunos da escola pública permite que possamos aperfeiçoar o programa de curso e as estratégias metodológicas de sala de aula desenvolvidas nesse ambiente. Este estudo se caracteriza, portanto, como uma investigação inserida nos limites da Linguística Aplicada, de natureza descritiva e interpretativista, uma vez que explora a prática de sala de aula, por meio das experiências, das crenças e das expectativas narradas por alunos da escola pública, bem como as interpretações realizadas pelos membros da pesquisa. Toma como referência técnica os elementos constitutivos do método etnográfico, bem como utiliza um enfoque qualitativo-interpretativista de pesquisa. Os sujeitos deste estudo são setenta alunos de escolas públicas do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, pertencentes a quatro cidades do Rio Grande do Norte, a saber: Pau dos Ferros, Francisco Dantas, Marcelino Vieira e São Miguel. Para a coleta do corpus da pesquisa, utilizaremos o instrumento denominado de autorrelato.A escolha do autorrelato como instrumento de coleta desta investigação se deu por acreditarmos que se trata de um mecanismo de característica narrativa adequada para este estudo, uma vez que incorpora uma técnica flexível de coleta de informações dos participantes. Os resultados esperados, a partir deste estudo, são a identificação das crenças dos alunos através dos seus relatos de experiências.

 

Equipe:

 

Marcos Nonato de Oliveira - Coordenador

Marcos Antonio da Silva – Pesquisador institucional

Aluno da habilitação em Língua Inglesa - Aluno de Iniciação Científica

 

Início: março de 2013

Término: março de 2014


Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Campus Universitário Central, Rua Professor Antônio Campos, s/n, BR 110, km 48, Bairro Costa e Silva - Mossoró/RN | 59600-000 | dfi@uern.br | (84)3315-2194
© 2012 Agência de Comunicação da UERN - AGECOM | agecom@uern.br | 84 3315-2144 / 3315-2115 | Sistema de Controle de Páginas

^