Apresentação


Bem-vindos à página web do Departamento de Economia do CAMEAM, onde você
pode encontrar informações relacionadas ao nosso curso e às nossas atividades.
Convidamos você a conhecer este novo espaço web disponível para todos e todas
que desejam conhecer o Curso de Economia.

O Curso de Ciências Econômicas, do Campus Avançado “Professora Maria Elisa deAlbuquerque Maia” – CAMEAM/Pau dos Ferros - RN, da Universidade do Estado doRio Grande do Norte – UERN – teve sua origem concomitante à luta pelaimplantação do Campus Avançado de Pau dos Ferros - RN, como resultado da
premente necessidade de implantação da Universidade nesta região, atendendo
aos anseios da sociedade e, também, ao projeto político-social de expansão da
então Universidade Regional do Rio Grande do Norte – URRN, como era
denominada na época.
O Curso foi criado como uma extensão do que já era oferecido pela Faculdade de
Economia no Campus Central, através da Resolução nº 126/76, com início de
funcionamento no dia 19/12/1976 (instalação oficial do Campus Avançado de Pau
dos Ferros/RN, juntamente com os cursos de Educação e Letras).
O curso tem como objetivo formar profissionais de nível superior compromissados
com o estudo da realidade socioeconômica brasileira, sintonizado com as
concepções críticas mais recentes sobre o mundo globalizado, com destaque à
compreensão transdisciplinar dos novos enfoques paradigmáticos, ensejando um
sólido investimento de formação teórica, histórica e instrumental. Pretende-se
também, gerar capacidade para tomada de decisões e resoluções de problemas
múltiplos que a realidade propicia a cada momento, assegurando a qualidade
analítica, visão crítica e competência para adquirir novos conhecimentos.

Estrutura curricular


De acordo com as diretrizes curriculares o curso em Ciências Econômicas do
CAMEAM/UERN é formado por uma estrutura curricular composta de 3.000 horas,
distribuídas em um regime semestral, das quais 2.460 horas são de componentes
curriculares obrigatórios, 300 horas de componentes curriculares optativos e 240
horas de atividades complementatares. A estrutura curricular é dividida em quatro
grandes grupos de conteúdos, quais sejam: componentes de formação geral,
componentes teórico-quantitativos, componentes de formação histórica e
componentes teórico práticos.

Formação profissional


Quanto à formação do profissional, o curso de graduação em Ciências Econômicas
deve ensejar a formação de um profissional que tenha sólidos conhecimentoshistóricos, habilidades com instrumentais analíticos e de mensuração dos fenômenos econômicos, além de uma consciência social, capaz de compreender e formular políticas para o enfrentamento das adversidades socioeconômicas do país, de tal forma que o egresso possa desenvolver as seguintes competências e habilidades:Desenvolver raciocínios logicamente consistentes; Leitura e compreensão de textos pertinentes às Ciências Econômicas; Capacidade dissertativa em monografias, pareceres e relatórios; Senso crítico na utilização do instrumental teórico-econômico quando em análise de situações históricas concretas;Diferenciar correntes teóricas a partir de distintas políticas econômicas;Capacidade de tomar decisões e de resolver problemas socioeconômicos numa realidade diversificada e em constante transformação; Priorizar a problemática regional do Nordeste, a economia local e sua inserção no contexto nacional.

Além disso, os acadêmicos têm a possibilidade de participar de Programas de
Monitoria, de projetos de iniciação científica, de grupos e projetos de pesquisa, de
grupos e projetos de extensão, de incubadora, entre outras. Anualmente o
Departamento de Economia realiza a Semana de Estudos de Desenvolvimento
Regional- SEDER, com apresentação de trabalhos científicos. O DEC também
promove anualmente o Seminário de Apresentação de Monografias, em que os
estudantes participantes recebem certificados de participação para computarem
como atividades complementares.

Perfil do Formando

O curso de graduação em Ciências Econômicas deve ensejar a formação de um

profissional que tenha sólidos conhecimentos históricos, habilidades com
instrumentais analíticos e de mensuração dos fenômenos econômicos, além de
uma consciênciasocial, capaz de compreender e formular políticas para o
enfrentamento das adversidades socioeconômicas do país.

Áreas de atuação do economista


A partir do perfil desejado do graduando, o Curso de Ciências Econômicas formará
profissionais que revelem interesse para atuar, dentre outras, nas seguintes áreas:

  •  Elaboração da Viabilidade Econômica de Projetos;

  •  Orientação Financeira;

  •  Mercado Financeiro;

  •  Assessoria de Projetos Agroindustriais/Agrobusiness;

  •  Desenvolvimento de Projetos de Infraestrutura;

  •  Orçamentos;

  • Arbitragem;

  •  Recálculo de contratos;

  • Consultoria em Fusão, Aquisição e Incorporação;

  •  Estudo e Orientação de Viabilidade Econômica de Novas Empresas;

  •  Economia de Empresas;

  •  Perícia;

  •  Consultoria e Assessoria;

  •  Orientação em Comércio Exterior;

  •  Elaboração de Estudos Mercadológicos;

  •  Professor;

  •  Setor Público;

  •  Análise de Conjuntura Econômica e Pesquisa;

  •  Entidades;

  •  Diversas Assessorias Econômicas;

  •  Outras possibilidades de atuação seriam como diretor, gerente, controle,executivo, empresário, empreendedor, perito, analista entre outros

Princípios formativos

O curso de Ciências Econômicas se propõe a formação de um profissional capaz de
articular o conhecimento técnico-científico, com a competência política e a ética.
Notoriamente tal objetivo requer primeiramente o entendimento da evolução da ciência econômica, dos métodos e modelos econômicos, fundamentos necessários, a uma sólida preparação cientifica e atuação profissional. Esse objetivo requer primeiramente o domínio da evolução da ciência econômica, dos métodos, linguagens e modelos econômicos, fundamentos necessários à atuação profissional. Ganha relevância igualmente, as dimensões investigativas e interpretativas da relação teoria e realidade. Esses são requisitos iniciais à formação de um
profissional que na contemporaneidade deverá atuar em resposta as demandas que lhe apresentam, aos condicionantes da própria sociedade, porque não dizer, do modo de produção vigente.

Diante desse contexto, o ensino de economia e, concomitante, o projeto pedagógico do curso, deve ser guiado pelos princípios da interdisciplinaridade e indissociabilidade das atividades de ensino, pesquisa e extensão


Atualizado por: Dayana Thais da Conceição Costa em 12/09/2019 (Setor para Contato: C.A. P.FERROS - Departamento de Economia )

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Campus Avançado de Pau dos Ferros, BR 405, KM 3, Arizona - Pau dos Ferros/RN | 59900-000 | dec_pferros@uern.br | (84) 3351-2560
© 2012 Agência de Comunicação da UERN - AGECOM | agecom@uern.br | 84 3315-2144 / 3315-2115 | Sistema de Controle de Páginas

^